2018-12-17

A proteína é indispensável ao nosso corpo, isto porque ajuda a ganhar músculo, a queimar gordura e no bem-estar geral, tornando-se uma fonte importante de abastecimento do nosso organismo.

Seja qual for a intenção: perder peso, tonificar, manter o peso…. Deixar a proteína de fora dos hábitos alimentares nunca deve ser opção, pois vai fazer com que o mesmo entre em modo de sobrevivência.

TIPOS DE PROTEÍNA:

Albumina

  • Onde encontrar:Clara do Ovo.
  • Benefício:Ajuda na reparação muscular;
  • Promove o aumento da saciedade e favorece a coagulação sanguínea.

 

Caseína

  • Onde encontrar:Leite e Queijo.
  • Benefício:Ajuda no ganho de massa muscular e na prevenção da mesma.

 Whey

  • Onde encontrar:Extraída do leite no processo de transformação do leite em queijo.
  • Benefício:Ajuda a melhorar o desempenho desportivo;
  • Possui uma grande ação antioxidante e estimula a produção de insulina.

 

COMO É QUE A PROTEÍNA AJUDA?!

  • Na Recuperação e Fadiga:

O exercício físico exige muito do nosso corpo, que depois precisa de restabelecer as forças. É aí que a proteína atua, ajudando na renovação das células e no fortalecimento dos músculos.

ALIMENTOS COM MUITA PROTEÍNA PARA RECUPERAR DA FADIGA:

  1. Ovo
  2. Aveia
  3. Nozes
  4. Batata Doce
  5. Chia
  • No Metabolismo Basal(Quantidade de energia que o organismo precisa para desempenhar funções quando está em repouso):

O aumento de massa muscular aumenta o metabolismo basal pelo que a ingestão de proteína é essencial para fazer face ao mesmo.

 POSSO COMER A QUANTIDADE DE PROTEÍNA QUE QUISER?!

De acordo com a U.S Food and Nutrition Board, a dose diária recomendada de proteína é de 0,8 a 1,1 gramas de proteína por cada quilo de peso corporal para adultos sedentários.

No entanto, o Colégio Americano de Medicina Desportiva, em conjunto com a Associação Americana de Dietética e os Dietistas do Canadá, recomendam a ingestão diária de 1,2 a 2,0g de proteína por cada quilograma de peso corporal para quem pratica exercício físico regularmente. Este cálculo deve ser feito, tendo em conta fatores como a idade, peso e atividade física.

 

 FONTES

SAPO PORTUGAL: lifestyle.sapo.pt PROZIS: www.prozis.com VIDA ATIVA: www.vidaativa.pt HIG LEVEL NEWS: highlevelnews.com